CORDAS A 3, na II Feira de Emprego e Empreendedorismo


Eram 8h30 quando dei conta que a Cerelac tinha acabado...

Se existem coisas que me tiram do sério é não ter o aconchego da Cerelac ao pequeno almoço... o Chocapic é mais no verão.

Já no café, uma hora após o sucedido, dou por mim em conversa com a jornalista Sónia Passos Leitão, (mediotejo.net), sobre as diferentes texturas da Cerelac e do Nestum. Como gosto destas coisas mais liquidas, a Cerelac consegue uma textura muito mais uniforme do que o Nestum. Os entendidos na matéria sabem bem do que estou a falar.

Ser pai e no caso da Sónia, mãe, leva-nos a ter estas conversas saudáveis.


Entretanto sairam 3 cafés. 1 para mim e os outros para o João Vasco (baixo) e Ricardo Nogueira (guitarra acústica). Ordem pela qual eles chegaram ao palco da sala do Centro Cultural do Entroncamento, (sala em frente ao café), onde realizámos os testes de som.



Já estava um dia de calor brutal. Confesso que tinha saudades de manhãs destas, azuis e com muita claridade... e também de olhar para a cara de sono do João Vasco. Ainda era madrugada para ele. Por falar em claridade nunca o vi de óculos escuros... curioso.


Cordas a 3... foi assim, de forma simples, descomprometida e em formato acústico, que subimos ao palco logo após a sessão de abertura da II Feira de Emprego e Empreendedorismo da CLDS 3G Entroncamento, e tocámos os singles, "Não Me Deixes Por Aí", "Por Tudo o que Tu És", entre outras.

A sala estava repleta de pessoas que querem ou que já estão a empreender, e que procuram inspiração, informação e soluções que as ajudem a ter sucesso nos seus projetos empresariais e ou na criação da sua empresa.


Quem subiu ao palco seguidamente foi o Ricardo Cunha. Gostei imenso de o ouvir falar sobre a sua experiência e crescimento da sua Tipografia Central do Entroncamento Lda. Empresa que muito de bom e de qualidade tem realizado.

Enquanto o Ricardo apresentava a sua experiência ao público atento, um cheirinho a pão com chouriço começou a entrar pela porta lateral do Centro Cultural...

Nesse momento estava de volta de um Nespresso e de um Pastel de Nata que a Tânia, dona da empresa Akademia+ & Cakes Akademia+ me ofereceu conjuntamente, como sempre, com a sua boa disposição e sorriso. Sempre tive esta imagem simpática dela.

Tens de conhecer os fantásticos e deliciosos Cakes que ela fabrica.

Nisto, o João Vasco e Ricardo Nogueira?

Sumiram... pela porta lateral ali ao lado.... bastou seguir o cheirinho a pão com chouriço no ar.



Acabadinha de chegar, a Ana Castro, estava um pouco chateada com uma condutora mal disposta. Nos lábios trazia a cor vermelha. Essa cor vermelha que é cheia de significados fortes e marcantes, que simboliza o poder e é associada à vitalidade, ambição, paixão, ao fogo. O poder dos lábios vermelhos nas mulheres vai muito além do que elas imaginam, mas essa é outra conversa como a inicial sobre as diferentes texturas da Cerelac e do Nestum.

A Ana Castro conheci-a ali e passado alguns minutos estava em cima do palco a dar o seu testemunho através de um showcooking sobre alimentação vegetariana e saudável. Fiquei super curioso e irei fazer uma visita ao seu espaço, a registar o nome: "Sabor Fazer". Aquele puder que descrevi sobre a cor vermelha nos lábios, isso fez todo o sentido quando a vi apresentar o seu trabalho 100% vegetal.


Vai lá vai, foi uma manhã interessante e... o João Vasco lá foi embora ainda acompanhado com a sua cara de sono.


*****

Agradeço o convite a mim endereçado na pessoa da Dr.ª Joana Ribeiro - CLDS 3G Entroncamento, assim com à Exma. Sr.ª Vereadora Tília Nunes, pela oportunidade que me deram em estar presente com um pouco do meu património musical, no arranque desta II Feira de Emprego e Empreendedorismo do Entroncamento.








Fotos por: Profi-Fotograf (Carlos Ferreira)


© 2020 por Filipe Santos Produções. Todos os direitos reservados.

  • w-facebook
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon
  • Twitter Clean
  • White Google+ Icon
  • star-xxl
filipe santos meo kanal cantor compositor operação triunfo oficial site